Mansamente...Você chegou...

Para colorir o meu viver,
Acabar com o meu sofrer,
Por fim à minha solidão.

Pé ante pé entrando, 
Sorrateiro se instalando,
Neste meu  ferido coração.

Agora, jeito mais não tem,
Terá de cuidar  meu bem,
Da portadora desta emoção.

Saiba, meu bem,
Queira você ou não,
Hoje pra você não há outra opção!


Mansamente...Você chegou....
Mansamente...  Se adonou...
Senhor absoluto do meu coração.

julho 2003


Música Incidental: "Cinema Paradiso" - Desconheço o autor da digitalização desta música, se você souber por favor mande-me um E-mail, para que os créditos devidos lhe sejam atribuídos.