Preciso não dormir
até se consumar 
o tempo
da gente...
 

Preciso conduzir
um tempo de te amar
te amando devagar
e urgentemente...
 

Pretendo descobrir,
no último momento,
um tempo que
refaz o que desfez,
que recolhe todo o sentimento 
e bota no corpo uma outra vez...


Prometo te querer
Até o amor cair
doente...
doente ...
 

Prefiro então partir
a tempo de poder 
a gente se desvencilhar da gente...
 

Depois de te perder
te encontro , com certeza,
talvez no tempo da delicadeza...
 

Onde não diremos nada,
nada aconteceu....
Apenas seguirei ,
como encantado,
ao lado teu.
 
 
 
 
  
 

<**_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,*Design, arte, edição e formatação *Copyright© Ninh@®® Lopes de Sá *Todos os direitos reservados*,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_Obrigada por respeitar,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_**