De mãos atadas, de pés descalços
Com você meu mundo andava de pernas pro ar
Sempre armada , segui seus passos
Atei seus braços pra você não me abandonar
 
REFRÃO I
 
Já nem lembro seu nome, seu telefone eu fiz questão de apagar
Aceitei os meus erros, me reinventei e virei a página
Agora eu tô em outra....
 
REFRÃO II
 
Tô nem aí, Tô nem aí...
Pode ficar com seu mundinho eu não to nem aí
Tô nem aí, Tô nem aí...
Não vem falar dos seus problemas que eu não vou ouvir..
 

boca fechada, sem embaraços
Já te dei todas as chances de ser um bom rapaz
Mas fui vencida pelo cansaço , nosso amor foi enterrado e
descansa em paz
 
REFRÃO I
 
Já nem lembro seu nome, seu telefone eu fiz questão de apagar
Aceitei os meus erros, me reinventei e virei a página
Agora eu tô em outra...
 
REFRÃO II
 
Tô nem aí , Tô nem aí...
Pode ficar com seu mundinho eu não to nem aí
Tô nem aí , Tô nem aí...
Não vem falar dos seus problemas que eu não vou ouvir..
 

Tô nem aí , Tô nem aí
Tô nem aí, Tô nem aí
Tô nem aí , Tô nem aí , pode ficar com seu mundinho eu não to
nem aí
 
Tô nem aí, Tô nem aí, não vem falar dos seus problemas que eu
não vou ouvir..
 
 
 

<<-·´¯`·..·´¯`·->Arte,Edição e Formatação<-·´¯`·..·´¯`·->Ninh@ Lopes de Sá<-·´¯`·..·´¯`·->Respeite os direitos autorais<-·´¯`·.·´¯`·->julho/2006<-·´¯`·..·´¯`·->