Anda, quero te dizer nenhum segredo,
Falo desse chão, da nossa casa,
Vem que tá na hora de arrumar.
Tempo, quero viver mais duzentos anos,
Quero não ferir meu semelhante,
Nem por isso quero me ferir.

Vamos precisar de todo mundo
Pra banir do mundo a opressão,
Para construir a vida nova
Vamos precisar de muito amor,
A felicidade mora ao lado
E quem não é tolo pode ver.

A paz na Terra, amor,
O pé na terra.
A paz na Terra, amor,
O sal da...

Terra, és o mais bonito dos planetas,
Tão te maltratando por dinheiro,
Tu que és a nave nossa irmã.
Canta, leva tua vida em harmonia
E nos alimenta com teus frutos,
Tu que és do homem a maçã.

Vamos precisar de todo mundo,
Um mais um é sempre mais que dois,
Pra melhor juntar as nossas forças
É só repartir melhor o pão,
Recriar o paraíso agora
Para merecer quem vem depois.

Deixa nascer o amor,
Deixa fluir o amor,
Deixa crescer o amor,
Deixa viver o amor.

O sal da Terra.

 

Midi do site:

Webmaster & Design Ninh@ Lopes de Sá /Copyright © 2002/2004 / *Aconchego da Ninh@®*.Todos os direitos reservados nos precisos termos da Lei 9.610 de 19.02.1998, Lei dos Direitos do Autor. Editada em: 13.11.2004