CANTAM: Os Mutantes


 Eu quis cantar
Minha canção iluminada de sol,
Soltei os panos sobre os mastros no cais,
Soltei os tigres e os leões nos quintais,
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer.

Mandei fazer, de puro aço luminoso, punhal
Para matar o meu amor e matei
Às 5 horas na Avenida Central,
Mas as pessoas na sala de jantar
São ocupadas em nascer e morrer.

Mandei plantar folhas de sonho no jardim do solar,
As folhas sabem procurar pelo sol
E as raízes procurar, procurar,
Mas as pessoas na sala de jantar,
Essas pessoas na sala de jantar,
São as pessoas da sala de jantar,
São ocupadas em nascer e morrer.

 

Webmaster & Design Ninh@ Lopes de Sá /Copyright © 2002/2006 / *Ninh@ Website®*.Todos os direitos reservados nos precisos termos da Lei 9.610 de 19.02.1998, Lei dos Direitos do Autor. Editada em: 10.11.2004.