Moça bonita,
Seu corpo cheira
Ao botão da laranjeira.
Eu também não sei se é
Imagine o desatino
É um cheiro de café
Ou é só cheiro feminino
Ou é só cheiro de mulher.
 
Moça bonita,
Seu olho brilha
Qual estrela matutina.
Eu também não sei se é
Imagina minha sina
É o brilho puro da fé
Ou é só brilho feminino
Ou é só brilho de mulher
 
Moça bonita,
Seu beijo pode
Me matar sem compaixão
Eu também não sei se é
Ou pura imaginação
Pra saber, você me dê
Esse beijo assassino
Nos seus braços de mulher.
 
 

Copyright© 2002/2006 Ninh@ Lopes de Sá * Todos os direitos reservados* Edição, arte e formatação por Ana Maria Lopes de Sá - Ninh@®, em janeiro de 2007. Esta página é protegida pela Lei de Direito Autorais - LEI Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998, e pelos tratados e convenções internacionais.