Eu sonhei que tu estavas tão linda
Numa festa de raro esplendor
Teu vestido de baile, lembro ainda
Era branco, todo branco meu amor

A orquestra tocava umas valsas dolentes
Tomei-te aos braços, fomos dançando, ambos silentes
E os pares que rodeavam entre nós
Diziam coisas, trocavam juras a meia voz

Violinos enchiam o ar de emoções
E de desejos, uma centena de corações
Pra despertar teu ciúme tentei flertar alguém
Mas tu não flertastes ninguém

Olhavas só para mim
Vitórias de amor cantei
Mas foi tudo um sonho acordei
 

<**_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,*Design, arte, edição e formatação*Copyright© Ninh@® Lopes de Sá *Todos os direitos reservados*,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_Obrigada por respeitar,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_,.-:*'``'*:-.,_**