Mande notícias do mundo de lá,
Diz quem fica.
Me dê um abraço,
Venha me apertar,
Tô chegando.
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos,
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero.

Todos os dias é um vai-e-vem,
A vida se repete na estação.
Tem gente que chega pra ficar,
Tem gente que vai pra nunca mais,
Tem gente que vem e quer voltar,
Tem gente que vai e quer ficar,
Tem gente que veio só olhar,
Tem gente a sorrir e a chorar.

E assim, chegar e partir
São só dois lados da mesma viagem.
O trem que chega
É o mesmo trem da partida,
A hora do encontro
É também despedida.
A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar,
É a vida desse meu lugar,
É a vida.

Letra e sequência Midi do site "Músicas MAQ".
Clique
AQUI para dirigir-se ao site.

Copyright© 2002/2004 Ninh@ Lopes de Sá * Todos os direitos reservados* - Web design, edição e formatação por Ninh@ Lopes de Sá. É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site sem a autorização expressa da autora, nos precisos termos da Lei 9.610 de 19/02/1998, Lei dos Direitos do Autor.