Recebi em agosto de 2002, da minha amiga Romy Bastos,  a letra desta linda canção folclórica. 
Ao enviar, fez ela a seguinte observação com relação à mesma : 
"Esta canção é uma jóia do nosso folclore musical,e como toda autêntica canção folclórica não tem um autor conhecido,mas foi Paulo Vanzolini (zoólogo,  pesquisador musical e compositor) quem a recolheu da boca do povo.Para quem não sabe quem é Paulo Vanzolini ele é o autor da famosíssíma canção RONDA. (Informações e letra retirada do Livro A LÍNGUA DE EULÁLIA de Marcos Bagno)".

"Cuitelinho é nome que se dá ao beija-flor em algumas partes do centro-sul do Brasil. "

Cheguei na bera do porto
Onde as onda se espaia.
As garça dá meia volta,
senta na beira da praia.
E o cuitelinho não gosta
que o botão de rosa caia.

Quando eu vim de minha terra,
despendi da parentaia.
Eu entrei no Mato Grosso,
dei em terras paraguaia.
Lá tinha revolução
enfrentei forte bataia.

A tua saudade corta
como o aço de navaia.
O coração fica aflito,
bate uma, a otra faia.
E os oio se enche d'agua
que até a vista se atrapaia.

Copyright© 2002/2004 Ninh@ Lopes de Sá * Todos os direitos reservados* - Web design, edição e formatação por Ninh@ Lopes de Sá. É expressamente proibida, por lei, a divulgação desta página em outro site sem a autorização expressa da autora, nos precisos termos da Lei 9.610 de 19/02/1998, Lei dos Direitos do Autor.