Vou cavalgar por toda a noite 
Por uma estrada colorida 
Usar meus beijos como açoite 
E a minha mão mais atrevida 
Vou me agarrar aos seus cabelos 
Pra não cair do seu galope 
Vou atender aos meus apelos 
Antes que o dia nos sufoque 
Vou me perder na madrugada 
Pra te encontrar no meu abraço 
Depois de toda cavalgada 
Vou me deitar no seu cansaço 
Sem me importar se nesse instante 
Sou dominado ou se domino 
Vou me sentir como um gigante 
Ou nada mais do que um menino 
Estrelas mudam de lugar 
Chegam mais perto só pra ver 
E ainda brilham de manhã 
Depois do nosso adormecer 
E na grandeza desse instante 
O amor cavalga sem saber 
Que na beleza dessa hora 
O sol espera pra nascer 
Estrelas mudam de lugar

Web design, edição e formatação por Ninh@ Lopes de Sá. É expressamente proibida a divulgação desta página em outro site sem a autorização expressa da autora ou dos detentores de copyright do texto, da formatação e dos demais elementos que compõem a página, nos precisos termos da pela Lei 9.610 de 19/02/1998, Lei dos Direitos do Autor.