Hoje meu coração tem leveza de luz,
claro e cintilante
como brilho de praiamar
em tarde sem nuvens.
O vermelho é ouro
de vida e valsa,
luminescência
de amante estrela em vento leste
no signo de Câncer.
Hoje meu coração entreabre desejos
com presença e ausência
na floresta de músicas perdidas
em céus de primeira hora.
O vento é fluir de sonhos
porque o frio busca o acalanto,
e os braços enlaçam destinos
entrevivendo caminhos:
dança e manjar de deuses.
O oceano perfuma a madrugada azul,
a superfície cheira e é doce.
Ondas espelham indulgência e sorrisos
que balançam a ternura
minha e tua.
Suave é o deleite.
Por que todos os momentos não são de alegria?
Chega de busca insolúvel,
fiquem longe os gestos improváveis.
A glória nasce de imagens barrocas,
não passa da Primavera,
mas é visível no amanhecer
AMAR
Amar,
Amar muito,
Amar todas as horas,
amar sempre, sempre
amar a vida,
te amar, meu amor,
porque amar é viver.
Gostando de ti,
gosto do vida,
vivo de amar.
De tudo que acontece,
no meio dos sofrimentos,
no meio das alegrias,
no meio das esperanças,
adoro o teu amor,
adoro o teu sorriso,
o brilho da tua alegria,
a cor verde dos teus olhos,
te adoro, morena.
Entre a terra e o céu,
gosto das flores,
da brisa, da luz,
das muitas crianças,
gosto do próprio amor.
Mas, acima de tudo,
de mais do que tudo,
é de ti, minha querida,
o meu viver,
O meu amar !

 

 

 

 

 

 

 Música Incidental: "Planeta Sonho" - 14 Bis - Midi do site: Midis Man HP: http://intermega.globo.com/baixotu.html
Midi Man's Home Page