Tropecei na angústia, passei pelos erros, quase cai !

Quando subi no primeiro degrau da insegurança,  e parei diante da escadaria do desespero, me virei defronte à porta do medo, vacilei, quase desmaiei.

Cheguei enfim, à porta do sossego, estava trancada, com um grande cartaz : “Fechado para almoço”, voltei decepcionada e caminhei em direção à porta da luta, abri e esta se escancarou mais ainda, comecei então, a abrir janelas :

-         Perseverança, custou a se abrir, a da ambição já estava aberta, porém a da vitória estava fechada e lacrada.

Procurei então, a chave do objetivo, que não entrou na fechadura, e, nem mesmo a da fé, conseguiu destrancá-la.

Decidi procurar mais chaves, achei a do fracasso, mas estava quebrada. E só consegui entrar graças à chave da esperança e ao trinco do progresso.

E desci mais escadas, até chegar à casinha dos sentimentos, bati na porta da amizade, e para minha surpresa, quem a abriu, foi o amor!

 Música Incidental: "Abertura da suite Quebra-Nozes" - Thaichowisky - Midi do site: SELVAS MIDI - http://www.selvas.com.br