Onde estão as alegrias,
Senão em tuas palavras?
Onde se escondem os sorrisos,
Senão nos sons da tua voz?
Quando estamos a sós,
Sinto tudo sumindo.
O mundo fluindo,
Através de nós.
Posso ouvir seus suspiros,
E minha mente dá giros
Posso sentir sua emoção
Que cala e pára meu coração.
Amor assim sonhado,
Por tantos...desejado.
Mas sem saber o que fazer,
Faz minha alma prevalecer.
Nos encantos de sua magia,
Que no éter rodopia.
Dançam insignificâncias 
de pensamentos,
soam palavras ao vento.
Holísticos sentimentos
Cálice desejado...
Amor, quer ser amado...
Valoroso ultrajar de emoções...
Audaz num momento fugaz
Retorna ainda mais atrevido,
Por entre corpos suados
Ardentemente  apaixonados

Cálida maciez de teu pulsar.
Após o amor... tépido anseio
Que sem nenhum receio, 
Renova, por inabalável olhar
Juramento de imutável  amor.
        
02/02/01
         
 
 
 
 
         

 
    
 
 

 

Música Incidental: "F...Come Femme" - Desconheço o autor da digitalização desta música, se você souber por favor mande-me um E-mail, para que os créditos devidos lhe sejam atribuídos.