COMO SER HUMANO
- seja como a TERRA; 
diferente em qualidades, firme e sólido nas ações, 
parte de um sistema onde sua autonomia seja inequívoca, 
mas, dentro de uma hierarquia de valores, iluminado;

COMO SER GREGÁRIO - seja como a ÁGUA; 
tome a forma de seu ambiente, 
contorne obstáculos fazendo curvas 
mas sem se desviar da meta virtuosa;

COMO SER CÓSMICO - seja como o AR; 
presente em todos os espaços, 
vitalizando a tudo o que toca, 
exercendo amor em plenitude por alimentar vida;

COMO SER ETERNO - seja como o FOGO; 
difunda luz sem discriminações, 
aqueça onde houver frigidez, 
alimente-se de vida e de saber e, 
quando em matéria extinguir, cinzas deixando, 
adube o solo que o acolheu; 
então, cumprida tal etapa, como energia, 
livre, sideral, em outras galáxias, 
enseje pela agregação novas constelações e novos sóis. 

Assim é a eternidade, 
um suceder de etapas que renascem em cada morte 
porque esta é apenas um ensejo para novas integrações. 

www.lopesdesa.com.br

                         

      

 

 

 

  Música Incidental:"Rondo Allegro Vivo - Concerto nº 2 para Violino" - Wolfgang Amadeus Mozart " - Desconheço o autor da digitalização desta música, se você souber por favor mande-me um E-mail, para que os créditos devidos lhe sejam atribuídos.