De ouro o peito,
De prata o trinar.
Com nobre respeito
Te ouço cantar.

Tão simples direito
E doce escutar,
Divino conceito
Só podias dar.

Se bem eu te vejo,
Se bem me verás,
De nada me pejo,
Sempre me terás...
Aguardo o ensejo...
Das voltas que dás.

www.lopesdesa.com.br

Música Incidental: "Beijos do Céu" - Chiquinha Gonzaga